Um respeitado site de marketing publica uma manchete com o seguinte título: “Veja como a empresa XYZ aumentou suas vendas no E-commerce”. Você, que trabalha na área, vai lá todo curioso achando que vai encontrar um artigo sério sobre o case da empresa. Que nada… Um texto de 3 parágrafos mixuruca só pra dizer que a empresa XYZ passou a usar a ferramenta de E-mail marketing da empresa ABC.

Só faltou terminarem o texto com um “Ráááá!!!! Pegadinha do Malandro….”
Jabá tem limite… Principalmente para se posicionar no Google.