O Brasil é um dos países que tem a maior frota de carros blindados do mundo. Para você ter uma ideia, em pouco mais de dez anos, a frota de veículos blindados quintuplicou no país. Mas não comemore. Esse aumento é proporcional ao aumento da violência e da falta de segurança nas grandes cidades. Além disso, blindar o carro deixou de ser algo exclusivo para as classes mais altas. Atualmente, muitas famílias de classe média fazem questão de blindar o carro para garantir a sua segurança e a de suas famílias.

Pensando nisso, e pensando também na segurança dos passageiros que precisam circular pela cidade com segurança, pensei em uma nova categoria para o Uber: o UBER SAFE. O “Uber Safe” certamente seria utilizado por pessoas que precisam ir a uma festa usando jóias ou relógios caros, empresários que precisam usar seus tablets ou notebook durante o trajeto, pessoas que moram em zonas de risco (Morumbi, por exemplo), etc. Além disso, seria uma ótima oportunidade para que proprietários de carros blindados possam obter uma renda extra transportando pessoas, o que em tempos de crise, é sempre bem vindo.

(Além de ser uma proteção contra os taxistas criminosos que estão agindo cada vez mais violentamente contra carros, motoristas e passageiros do Uber).