Recentemente li um artigo bem interessante indicado pelo Akita. Não é só porque é “Google” que tudo vai às mil maravilhas. Muito pelo contrário. Este ARTIGO revela os bastidores de quem foi trabalhar no Google e acabou pedindo demissão. Atire a primeira pedra quem nunca ouviu algo do gênero: “uau, você está trabalhando na empresa XYZ… como eu gostaria de estar lá também!”.

Pessoalmente, acredito que muita gente, além de vestir a camisa da empresa, acaba “endeusando-a”, por sua vez, as empresas “endeusadas” aproveitam desta possível submissão comprando a alma do contratado, mas nem sempre isso dá certo. Muitas vezes caímos no erro de considerar uma empresa tal como uma marca valiosa de jeans, porém, esquecemos de analisar a qualidade da empresa, seus processos internos, a qualidade de vida dos funcionários, etc. Afinal, até uma “Diesel” pode rasgar na primeira lavada.