Os poucos leitores que acompanham este blog sabem que sou fã de bike. Periodicamente publico “A bike do dia” e no meu Twitter são várias as mensagens sobre bike, cicloativismo, ciclofaixa, etc… Mas hoje o assunto é outro, é sobre como é caro ter uma bike no Brasil.

Você já parou para pesquisar o valor de uma bike similar à sua em outros países, como nos Estados Unidos, por exemplo? Se ainda não fez, veja uma simples pesquisa que fiz com as bikes importadas da marca Dahon, símbolo de bike urbana:

– Dahon Briza aro 24 > BR = R$ 2.460,00 / EU = U$799.00
– Dahon Curve 3V aro 16 > BR = R$ 2.290,00 / EU = U$ 599,00
– Dahon Eco C7 aro 20 > BR = R$ 1.899,00 / EU = U$ 399,00
– Dahon Speed D7 > BR = R$ 2.299,00 / EU = U$ 549,00

No Brasil temos a Caloi, que vende 2 modelos similares ao da Dahon:

– Caloi Urbe 20 > R$ 1.500,00 / U$ 742,00
– Caloi Bend > R$ 1.100,00 / U$ 544,00

Agora veja essa…

No Brasil temos as famosas Barra-Forte e Poti:
– Caloi Barra-Forte > R$ 439,00 / U$ 217,00
– Caloi Poti > R$ 449,00 / U$ 222,00

Nos Estados Unidos, por um valor bem próximo, podemos comprar uma super bike urbana que deixa as populares da Caloi no chinelo…
Schwinn Discover Men’s Hybrid Bike = U$ 253,00

Enfim, é preciso entender o motivo da altísima carga tributária e que o governo ofereça incentivos para que os fabricantes nacionais possam oferecer produtos de qualidade e principalmente por preços acessíveis, caso contrário, continuaremos comprando bicicletas vendidas em supermercados, sem qualidade e com pouca vida útil.

Nota: Valores pesquisados no Buscapé, site oficial da Caloi e Amazon e dólar calculado a R$ 2,02