Maior evento de criatividade da América Latina acontece nos dias 19 e 20 de outubro, em São Paulo.

Em outubro, um polonês arquiteto e grafiteiro, um francês ilustrador, um holandês que pinta com máquina de pinball, um coletivo de design e cinema dos EUA e um estúdio de mapping e cenografia canadense aportam no Brasil e participam do maior evento de arte, design e criatividade da América Latina, o Pixel Show. Eles participarão de palestras, exibições e live paintings durante o evento que acontece no clube A Hebraica nos dias 19 e 20 de outubro.

O polonês Nawer, que pratica graffiti futurista, é arquiteto, designer e artista de rua graduado no programa de Arquitetura e Urbanismo de Cracóvia. Ele se envolveu com arte de rua durante os anos 90, e em 2003 começou a dedicar seu tempo entre pintura e design de interiores. Seu estilo mistura muito essas duas influências, e Nawer traça perspectivas e axonometrias usando o spray e espaços da cidade como mídia, combinando a pintura com a arquitetura. Nawer já exibiu seus trabalhos em Portland, Paris, Londres, Munique e Berlim, entre outros lugares. No Pixel Show, o artista dará palestra e participará de sessão de Live Painting, onde os visitantes terão a oportunidade de conferir seu trabalho ao vivo.

Mcbess é um ilustrador francês que mora em Londres. Sua arte esteve em exibições realizadas em Londres, Hamburgo, Tóquio, Los Angeles e Chicago. Seu estilo mistura referências a desenhos animados antigos com formas contemporâneas, símbolos e fontes, e frequentemente são auto-retratos cercados por um mundo surrealista cheio de comida e referências musicais como amplificadores, guitarras e letras de músicas. Além da palestra, Mcbess mostrará toda a sua técnica como uma das atrações de Live Painting.

Os fãs da introdução psicodélica do filme 007 Quantum of Solace não podem perder a palestra com o coletivo de design e cinema MK12. Fundado em 2000 nos Estados Unidos, o MK12 é um estúdio de serviço completo, adaptando sua marca única em filmagem para créditos iniciais de filmes, animações para games, vídeo clipes, material de anúncio, entre outros. O trabalho do estúdio constantemente desafia os limites entre a estrutura narrativa e a maneira experimental de contar histórias justapondo live action, design gráfico, influência nostálgica e novas tecnologias.

E quando o assunto é inovação, é difícil encontrar um concorrente para o holandês Sam Van Doorn, que já usou uma máquina de pinball para fazer ilustrações. O artista dará palestra e contará sobre seus projetos únicos, dinâmicos e interativos que conversam com o usuário e o incentivam a encontrar a mensagem por trás de cada composição ou plataforma interativa.

A Moment Factory é um estúdio especializado na concepção e produção de ambientes multimídia combinando vídeo, luz, arquitetura, som e efeitos especiais para criar experiências marcantes. Desde seu início em 2001, o estúdio – que conta com mais de 110 colaboradores que ocupam o espaço de 20.000 metros quadrados em Montreal – já tem em sua bagagem mais de 300 eventos, shows e instalações ao redor do mundo para clientes como Cirque du Soleil, Disney, Nine Inch Nails, Céline Dion, Bon Jovi, Arcade Fire e Madonna.

E é graças ao perfil multidisciplinar de suas atrações que o Pixel Show se firma ano a ano como a principal referência no dinâmico cenário contemporâneo das artes e design. A agenda de palestras também contará com um time de peso formado pelos brasileiros Mauricio de Sousa, Tipocali, Techno Image, Bárbara Veiga, Eduardo Srur, Sérgio Gordilho e Sandro Di Segni.

Confira a relação completa de palestrantes confirmados:

Bárbara Veiga – Brasil (Fotografia): Cinegrafista e Fotojornalista brasileira que passou sete anos engajada em causas socioambientais internacionalmente, percorrendo mais de 50 países entre Ásia, África, Oriente Médio, Oceania e Europa. E por mar! Seu trabalho reúne obras de arte cheias de simbolismo, combinando sua formação jornalística e a paixão pela arte visual. Barbara trabalhou em renomadas ONG’s, tais como: Amazon Watch, Avaaz, Greenpeace e Sea Shepherd. Também participou na série de TV Whale Wars, da Discovery Channel. A artista passou dois anos trabalhando em campanhas na Antártida junto ao canadense Paul Watson, documentando ações contra o ataque baleeiro no Pólo Sul, além de ter feito um audacioso trabalho de espionagem contra o massacre de baleias-piloto nas Ilhas Faroe. Barbara Veiga palestrou no TED e fez exposições itinerantes pela França e Alemanha.

Eduardo Srur – Brasil (Intervenção Urbana): Eduardo Srur trabalha e mora em São Paulo e começou sua trajetória de artista visual com a pintura. A partir de 2002, passou a investigar novas mídias como a fotografia, escultura, video, performance, instalação e a intervenção urbana. Atualmente, sua produção é voltada ao espaço público, onde ele realiza exposições temporárias que questionam o sistema social de forma crítica e bem-humorada, além de alterar a paisagem da cidade. Já expôs em diversas instituições culturais no Brasil e em países como França, Espanha, Inglaterra e Cuba.

Mauricio de Sousa – Brasil (Quadrinhos): Mauricio de Sousa nasceu no interior São Paulo e já rabiscava coisas durante sua infância nos cadernos e livros escolares. Aos 19 anos, mudou-se para a capital do estado e começou a trabalhar no Jornal Folha da Manhã (atual Folha de São Paulo). Depois de publicar tirinhas com diversos personagens já conhecidos – Bidu, Cebolinha, Franjinha… –, Mauricio lançou, em 1970, a revista Mônica, que atualmente é publicada pela Panini. Entre quadrinhos e tirinhas, suas criações alcançam 30 países e o autor já alcançou o número de 1 bilhão de revistas publicadas. Mônica foi reconhecida como Embaixadora da UNICEF em 2007 e Embaixadora do Turismo Brasileiro em 2008.

Mcbess – Reino Unido (Ilustração): Mcbess, nascido Matthieu Bessudo, é um ilustrador francês que vive em Londres. Seu estilo mistura referências a desenhos animados antigos usando formas contemporâneas, símbolos e fontes, e seus desenhos frequentemente consistem de retratos dele mesmo cercado por um mundo surrealista cheio de comida e referências musicais como amplificadores, guitarras e letras de músicas. Já apareceu em revistas famosas como Justapox e Illustrated Ape, e fez parte de exposições realizadas em Londres, Hamburgo, Tóquio, Los Angeles e Chicago.

MK12 – Estados Unidos (Motion Graphics): Com sede em Kansas City, Missouri, MK12 é um coletivo de design e cinema fundado em 2000 com propósito de produzir conteúdo original que evoluiu em um estúdio de serviço completo, adaptando sua marca única em filmagem para créditos iniciais de filmes, animações para games, vídeo clipes, material de anúncio, entre outros. O trabalho do estúdio constantemente desafia os limites entre a estrutura narrativa e a maneira experimental de contar histórias justapondo live action, design gráfico, influência nostálgica e novas tecnologias. O estúdio já teve seus curtas exibidos em festivais mundiais como a Bienal de São Paulo e o Sundance; teve vídeo clipes nomeados a importantes prêmios como o MTV Video Music Awards e o Grammy e seu trabalho também pode ser visto na sequência inicial do Rock Band Green Day e Beatles.

Moment Factory – Canada (Mapping e Cenografia): A Moment Factory é um estúdio especializado na concepção e produção de ambientes multimídia combinando vídeo, luz, arquitetura, som e efeitos especiais para criar experiências marcantes. Desde seu início em 2001, o estudio – que conta com mais de 110 colaboradores que ocupam o espaço de 20.000 metros quadrados em Montreal – já tem em sua bagagem mais de 300 eventos, shows e instalações ao redor do mundo para clientes como Cirque du Soleil, Disney, Nine Inch Nails, Céline Dion, Bon Jovi, Arcade Fire e Madonna.

Nawer – Polônia (Graffiti Futurista): Nawer é arquiteto, designer e artista de rua, graduado no programa de Arquitetura e Urbanismo da Cracóvia, na Polônia. Se envolveu com a arte de rua desde meados dos anos 90, e em 2003, começou a dedicar seu tempo entre a pintura e freelances de design de interiores. Seu estilo, que sempre busca conectar pintura e arquitetura, é geométrico e isométrico, usando objetos no espaço e o spray para fazer pinturas em perspectiva. A combinação dessas duas abordagens dá frescor ao ramo de design de disposição e criatividade de um espaço interior.

Sam Van Doorn – Holanda (Design Gráfico): Sam van Doorn é um designer gráfico holandês famoso por elaborar projetos únicos, dinâmicos e interativos, que conversam com o usuário e o incentivam a encontrar a mensagem por trás de cada composição ou plataforma interativa. Um desses projetos é a Styn, uma máquina de pinball adaptada para fazer desenhos usando a bola como pincel.

Sandro Di Segni – Brasil (Efeitos Especiais): O Diretor Técnico de Efeitos Especiais Sandro Di Segni viveu os últimos 15 anos entre os grandes estúdios de animação e efeitos 3D do Canadá, Ásia e Inglaterra. Saiu do Brasil para estudar na melhor escola em computação gráfica, a Vancouver Film School (VFS), e aprendeu a criar no computador os ambientes mágicos e acontecimentos impossíveis de se filmar. Agora, em sua volta ao país, traz na bagagem a experiência de ter participado de superproduções internacionais, como “Homem de Aço”, “Thor – O Mundo Sombrio”, “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2”, e de séries para TV, como “Star Wars: Guerra dos Clones”, “Max Steel”, “Hot Wheels” e “Spider Man”.

Sérgio Gordilho – Brasil (Agência África – Design Gráfico): Um dos maiores diretores de arte do mercado de design gráfico, Sérgio Gordilho tem diploma em Arquitetura, pós-graduação em Design Gráfico na Royal College of Art, em Londres, e um MBA em Liderança Criativa na Berlin School. Ele é sócio e co-presidente da Agência África e seus inúmeros cases bem sucedidos contribuíram para a forte reputação da agência e ajudou-a a tornar-se uma referência em criação original e eficiência

Techno Image – Brasil (Ilustração Publicitária): O estúdio Techno Image é um grupo de profissionais originários das mais diversas áreas ligadas às artes gráficas. Trabalham com peças em 3D, pinturas, concept arts, ilustração a traço, manipulação de imagens ou o produto da soma de tudo isso. Em sua lista de clientes estão: Philips, Gol, Brastemp, Nike, Editora Abril, entre outros.

Tipocali – Brasil (Tipografia): Thiago Reginato é sócio do estúdio Maquinário – Laboratório Criativo e fundador do TIPOCALI. No período de 2011 e 2012, em que trabalhava na agência A10, deu workshops em diversos lugares e participou como palestrante no Ndesign, na ESPM, no Estúdio Catarina Gushiken, Semana Tipográfica Bauru, entre outros. Seu objetivo com o TIPOCALI é cada vez mais conectar diferentes áreas da criação com a tipografia e a caligrafia, explorando e experimento novos produtos e serviços que beneficiem o mercado e a sociedade.

SERVIÇO:
Pixel Show 2013
Quando: 19 e 20 de outubro de 2013 (sábado e domingo)
Horário: das 8 às 21 horas
Onde: Clube A Hebraica – Rua Dr. Alceu de Assis / Jardim Paulistano – São Paulo
Website Oficial: www.pixelshow.com.br